Minhas Ilustrações - Mes Illustrations

J'adore mon travail avec les artistes.

Amo meu trabalho com Artista Plástica.
As cores, os desenhos, as pinturas, as tintas e os pincéis fazem parte da minha vida de uma forma tão intensa que me afetam pessoalmente. Quando falo pessoalmente quero dizer que: as cores me fazem bem, os pincéis me exercitam, as tintas me aguçam os sentidos, os desenhos me empolgam e as pinturas me dizem quem sou.
Acredito que cada um que faz o que ama deve sentir a interferência direta do trabalho em sua vida.
Estou fazendo alguns estudos para ilustrar e escrever um livro infanto juvenil.
Isso me encanta de tal forma que me toma por inteiro, amo desenhar, pintar e escrever.

As ilustrações são apenas estudos nada é definitivo. Estudo do uso das cores, de materiais e outras coisinhas... Todas serão refeitas, refeitas incansáveis vezes até encontrar a técnica ideal: pintura acrílica, aquarela, colagem, lápis de cor, de cera e assim por diante!
Quando estiverem prontas eu mostro novamente.
Os textos já estão em fase de correção...fase difícil!!!

Ilustrações para o livro MENINAS.
Este livro terá uma poesia para cada menina, 
conforme suas características:

MANUELA

Seu nome é Manuela
e não sai da janela.
De dia olha o sol,
A noite vê o farol.
Quando cai uma chuvinha,
avisa as vizinhas,
todas abrem suas sombrinhas.
Quando faz muito frio
sente arrepio,
pega então um cobertor,
passa o frio e faz calor.
Vê tudo o que ali se passa,
de alguns acha até graça.
Coisas lhe alegram,
outras lhe entristecem.
E  Manuela pensa baixinho:
Se aqui da minha janela,
mudar o mundo pudesse.

COMBINADEIRA

Tem menina que é combinadeira de fato.
Não sai de casa
se a fita do cabelo não combinar
com o nó do sapato! 


Esta vocês conhecem de algum lugar???
Mes Trésors!




MENINA ÁRVORE

 AS PRÓXIMAS AINDA NÃO TEM TÍTULO









Estas fazem parte de um outro projeto, também um livro de poesias.











 Sapa Fora

Ana Flora sapa fora
Agora nem sapa é.
Se virou gente
Deve estar então contente,
Mora agora lá na frente.
E nem se lembra de repente
Ana Flora agora gente
Que sapa fora,
e agora nem sapa é!


Algumas poesias ainda sem ilustrações:

 O Sapo Juvenal

Ta de mal o sapo Juvenal,
queria uma sapa linda
mas não encontrou ainda.
Ta de mal o sapo Juvenal,
queria uma sapa rica
mas isso não se aplica.
Ta de mal o sapo Juvenal,
queria uma sapa com lábios de mel
mas a última que teve foi infiel.
Ta de mal o sapo Juvenal,
Queria uma sapa loura,
Mas não acha a merecedora
De um amor igual
Ao do sapo Juvenal.

 Aposentadoria do Mágico

De tanto fazer mágica.
O mágico até cansou.
Não quer mais as mágicas
 que ele mesmo inventou.
Tirar coelho da cartola
ninguém mais da bola.
Pomba que sai do lenço
 o deixa muito tenso.
Cortar mulher ao meio
ele tem receio.
Puxar lenços da garganta
ele  enjoa não adianta!

E assim por diante, outro dia conto outras historinhas!!!
E mostro outras ilustrações.

Beijinhos e uma semana com lindas histórias!
Avec l'amour