Tempo


Se a mim fosse dado uma lâmpada mágica, hoje saberia qual seria o meu primeiro pedido. Mais tempo!
Mais tempo para pintar, mais tempo para ler, para brincar, dançar, amar, produzir, mais tempo para viver...
Acho até que meu pedido se trata de uma insanidade, uma completa falta de juízo. Esqueçam o que pedi.
O meu tempo está no tempo certo, talvez não conseguiria viver bem se meus dias fossem mais longos.
Não posso me esquecer que não só as alegrias e levezas da vida iriam ser mais extensas. Com mais tempo nas mãos tudo seria maior, a saudade, a dor, o cansaço. Tenho o tempo que preciso, que me mostra a hora de parar e a hora de continuar. Desisto de brigar com os dias curtos, com as horas que passam sem ao menos a gente ver.
O que quero para hoje é colher o meu dia de forma serena e feliz!
O tempo é o mesmo de outrora, o que tenho feito com ele é que são elas.
Tenho colhido meu tempo ainda verde e quero que esteja maduro,
feito fruta doce tirada do pé.
Tudo ao seu tempo, é o que tenho aprendido nos últimos tempos!


Obrigada pelo carinho, pelo respeito e pela compreensão!
Todos vocês já fazem parte da minha vida!

Um lindo e abençoado final de semana!

Beijinho