15/06/2011

Ser

Essa ilustração surgiu de uma forma tão natural, sem pretensão de ser quadro, sem pretensão de ser livro, sem pretensão de ser poema...
Foi se formando no movimento das mãos e certo... do coração!
Naturalmente, sem pretensão de ser nada, sem pretensão até de ser.
E agora que já é, dela farei um...
Ainda não sei o que.
Mas sei que me fez gostar, me fez feliz, me fez PENSAR!
Me fez pensar se ainda sou criança, ou já cresci...
Esta tal "adultez" que me toma não me torna de fato adulta.
Acho que sou mais criança.
Ainda brinco muito, sonho muito, desenho muito, danço muito, erro muito,
canto muito, amo muito...
Criança é assim, se bem que alguns adultos que conheço também são!
Ora, que importância isso tem, adulta ou criança, seja o que for.
O que vale mesmo é ser NATURALMENTE o que se é!
Risos e lágrimas virão, sendo criança... ou não.




























O que vai ser quando crescer? 
Vivem perguntando em redor. 
O que é ser?
É ter um corpo, um jeito, um nome?
Tenho os três. E sou. 
Tenho de mudar quando crescer?
Usar outro nome, corpo e jeito?
Ou a gente só principia a ser quando cresce? 
É terrível, ser?
Dói?
É bom?
É triste?
Ser. Pronunciado tão depressa, e cabe tantas coisas.
Que vou ser quando crescer?  
Sou obrigado a?
Posso escolher?
Não dá para entender.
Não vou ser.
Vou crescer assim mesmo. 

                                Carlos Drummond de Andrade

Muito obrigada pelo enorme carinho que tenho recebido de todos, 
isso só me mostra que o Trésors existe por causa de vocês!!!!!
OBRIGADA
MERCI

Um lindo e fabuloso dia!!!!

Beijinhos


Rosane Castilhos

39 comentários :

  1. Que coisa mais linda! É porisso que sempre venho aqui.
    Uma ótima quarta!
    Beijoo
    Lu

    ResponderExcluir
  2. Amiga!
    Posso te sugerir uma coisa?
    Estes teus textos tem tudo para se tornar um livro! Pensa nisso, tu escreve muito bem e não só eu como muitos que comentam aqui, adoram tuas palavras. Hoje em especial me tocaste muito. As vezes mal tenho tempo de ser adulta, imagina ser criança. Quantas minha filha quer mais é bagunçar e eu estou atrolhada de coisas para fazer. Vou tentar ser mais criança, POR ELA E POR MIM. OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  3. simplesmente SER...
    pura inspiração...
    delicadeza pura...
    como sempre me encanto por aqui...
    beijinhos e um lindo dia!
    Su.

    ResponderExcluir
  4. LIndo texto e linda ilustração! Parabéns!
    Seus trabalhos me encantam...
    Bj
    Débora

    ResponderExcluir
  5. Rosane, suas ilustraçoes sao muito especiais mesmo, nao importa de onde vem a inspiraçao ou o que vc vai fazer dela, inspiraçao nao tem explicaçao, assim pelo menos é comigo, a coisa vem e flui e imagino que assim é como as obras mais bonitas devem surgir!! Beijocasss

    ResponderExcluir

  6. Continue sendo criança, tá?!!!!!!
    A gente agradece MUUUUITO!
    Beijinhos de todos nós!

    ResponderExcluir
  7. Linda!!
    Passando para deixar um beijinho...

    ResponderExcluir
  8. Linda ilustração e temos mesmo que manter em nós essa criança que gosta de aprontar, pular, rir...Imagina a vida sem ela? Não dá!

    De carrancudos e emburrados passo loooooonge! Credo!

    Lindo post, como sempre ! Faz bem vir aqui! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  9. Sou fã do Tresórs...a cada dia mais!!Sua pintura é linda e me levou para uma reflexão...vendo o nariz de palhacinho,lembrei o quanto ,em nosso mundo adulto,muitas vezes somos feitos de bobos...é uma palavra áspera aqui,uma irritação boba ali,uma ofensa acolá..e a gente vai guardando,vai amargurando...tão diferente das crianças,né??Então pensei que o blog,mas do que tudo, nos fazer sorrir,nos fazer cantar,amar...mesmo que seja com um recadinho afetuoso,como os que recebo de você!!Obrigada amiga!!

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pelo lindo trabalho e pelo capricho!
    Abraços,
    Elaine Ligero
    Bell'Arte

    ResponderExcluir
  11. Oi Rô
    Amei esta pintura, a partir dela podemos pensar em tantas coisas. A vida seria bem melhor, mais fácil e mais feliz, vista pelos olhos infantis. Aprendizado: Vou enxergar mais colorido!!!!!!
    Palhaço, as vezes somos demais, mas o verdadeiro espírito de palhaço, não é de bobo, mas de feliz!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  12. Olá querida!!!
    Acho que tu se inspirou em mim quando criança, meu cabelo era assim, e fofinha também!!!!!
    Queriad já te falei? que seus desenhos são o máximo? amo teus trabalhos!!!!
    Bjos carinhosos!!!

    ResponderExcluir
  13. Ah, que delícia ser criança. Eu, apesar de quase quatro ponto zero (é melhor não escrever em numeral, chama menos atenção rsrsrs) ainda me sinto criança, faço coisas de criança! E o bom da vida é isso, ser adulto e poder manter dentro da gente uma criança eternamente! Linda ilustração querida! Bjs

    ResponderExcluir
  14. Rosane, sua linda alma será sempre assim, cheia de criatividade e bom gosto.
    Esse trésors é tudo de bom.


    Você votou na Milu na barra lateral do Casos e Coisas da Bonfa? Sei que todos os bichinhos são perfeitos, mas tenho que puxar pra minha, né? rsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. OIII, ADORO SEU BLOG, ADOREI ESSA TELA, ADORO AZUL, AI MEU DEUS QUANTOS ADOROS, RSRSR. PARABÉNS. QUERO ELA PRA MIM, RSRSSR. BEIJOS!

    ResponderExcluir
  16. A tela mostra pra gente que é bom ter um pouco de criança... pra amortecer as "quedas" que a vida nos dá, ou aquelas que a gente permite que ela nos dê...!!!
    O poema que vc escolheu, do Drummond, é fantástico! Quem nunca respondeu, qdo cça, a essa perguntinha??? Quem dera a gente tivesse as palavras do poeta pra respondê-la???!!!

    Beijos,adoro vir aqui!!!

    ResponderExcluir
  17. De uma delicadeza total, gosto do movimento, das cores, do traço nascendo assim espontaneamente e se transformando em tão linda criança. Sabe, amiga, este poema de Drummond é o máximo, e enche o coração. Sabe, que às vezes, me pergunto se cresci, e penso que no alto dos meus 55 anos, tem momentos, que sou uma criança frágil, e às vezes uma adolescente irrequieta. Mas a maturidade permite que possamos transitar nestas dualidades, sem culpas e arrependimentos, podendo usufruir e cuidar da criança que habita eternamente dentro de nós....Graças a Deus...e que nos permite, sermos solidários, ternos e humanos.

    beijo grande
    Adoro você
    Cidinha

    ResponderExcluir
  18. Rosane querida, certa vez fiz uma postagem sobre o palhaço Arrelia, razão de minha alegria na infância, morto há varios anos.
    Tenho uma simpatia, um apêgo com palhaços, que nem sei explicar, e isso até hoje.
    Eles me emocionam, e hoje você me pegou de jeito! Essa menininha com nariz de palhaço é a imagem da criança que não quer crescer.
    Diga a ela que cresça, mas que abra as gavetinhas da memória, sempre, e nunca deixe de falar sobre o que encontra nelas.
    Crescer faz parte, o que não tem perdão é esquecer. Você é ótima, e Drumond assina em baixo!
    beijos

    ResponderExcluir
  19. Tomara que nunca cresça, nada melhor que ver o mundo com a alma de criança. É também gostei dela, me fez sorrir e o azul me trouxe alegria, ai ai.
    QUE DEUS CONTINUE A ABENÇOAR SUAS MÃOS DE FADA. BJS

    ResponderExcluir
  20. Fico apaixonada com todo encanto que transmite para minha vida...
    Lindo trabalho e esse poema é lindo!
    Tenho 41 anos e acho que sou criança, adolescente e adulta...sou uma mistura de tudo!
    Minha querida muito obrigada por iluminar nossos dias com tanta beleza...adorooooo!!

    Bjss e uma maravilhosa quarta!

    http://toutlamour.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Ah esqueci de dizer que o pessoal do mosaico me visitou(graças ao seu comentário) e já fui lá conhecer o trabalho deles,que legal. É você dançando no vídeo? BJs

    ResponderExcluir
  22. Tive que voltar aqui pra ver seu post de novo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oi Ro, tb mantenho minha criança interior.É esse o termo que usamos quando crescemos, mass ainda há algo de menina dentro de nós(rssr, parece ate mais responsavel, mais adulto).
    Esta ilustação é mesmo linda.
    Bjos

    ResponderExcluir
  24. Amei a ilustração! Muito bonita mesmo! Aguardo seu e-mail, hein?! =)

    Beijos, querida!

    Mari

    atelierinbox.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi Rosane, boa noite
    A ilustração e o texto são muito bonitos. Você escreve muito bem.
    Parabéns pelo duplo talento.
    Bjo

    ResponderExcluir
  26. Bonsoir chèrie!
    Que delicia de lingua essa francesa.
    A Alemã, você tem razão, pareçe briga, sempre!
    Sabe, minha bisavó, por parte de mãe, era francesa. Seu nome : Josefhine Durant.
    Que chique em? casou-se com um italiano e aí danou-se tudo.
    Boa noite querida, tenha bons sonhos. Vou procurar sonhar com um lindo cantor italiano (ai ai).
    beijos

    ResponderExcluir
  27. Adoro suas ilustrações!!!! E poesia é tudo que se precisa para se inspirar. São as dúvidas e os temores que nos fazem pensar né? E no seu caso, criar! Uma feliz quinta para você!
    beijinhos!

    ResponderExcluir
  28. Que lindo amiga. Dá vontade de ficar, e ficar, e ficar por aqui...

    ResponderExcluir
  29. Oi minha amiga!

    Acho que alma de artista é alma de criança. Quando a gente cresce, tende a perder a capacidade de imaginar sem limites! Os artistas, como vc, conseguem conservar a criança, por isso fazem coisas que encantam, emocionam!

    Vc falou uma outra coisa importante. A nossa arte tem de agradar em primeiro lugar a nós mesmos! Ouvi isso há poucos dias de um outro artista. Claro que o aplauso e a aprovação são muito apreciadas pelo artista, mas ele não faz pensando exclusivamente no público. Faz em primeiro lugar para si mesmo!

    Meu pequeno agora só quer saber de violino. E eu babando!

    Beijinhos

    Lu

    ResponderExcluir
  30. Olá, Rosane
    Que linda pintura, já te disse que adoro seu trabalho, tem uma magia que não seu explicar.
    Passo por aqui para ler seus textos, que sempre me fazem refletir, pensar...
    bjs e td de bom

    ResponderExcluir
  31. Ai querida... você viu que fofa a Milu? Estou na torcida pra ela ganhar porque vitória é só na hora do resultado mesmo, né?
    Obrigada pela torcida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Que lindo! Quanta sensibilidade nas tuas palavras e obra!
    Teu cantinho me da' muita paz!
    Você é muito especial
    Um abraço bem apertado
    Léia

    ResponderExcluir
  33. Oi Rosane, bom dia!
    Ah...uma visita ao Trésors enche de luz e alegria nosso dia!
    Beijos querida,tenha uma linda e inspiradora quinta!
    Com carinho, Dayse

    ResponderExcluir
  34. Rosane
    Sua pintura é tão linda, causa algo em mim que nem sei explicar. Dá para ver a textura, o movimento da sua obra. Parabéns!

    ResponderExcluir
  35. Oiê Rosane.Td bem?Olha só, linkei seu blog no meu, ok! Fiz o botão no corel com a fonte original, mas se vc quiser alterar alguma coisa, me dá um toque. bjuss

    ResponderExcluir
  36. Matisse dizia que para se fazer arte é preciso conservar o olho de menino(a). Eu conservo o meu com muito carinho e desconfio que você também.

    ResponderExcluir
  37. Ai meu deus, li seu texto, depois li as palavras da Ivani, vcs duas são terríveis...vivem me emocionando! Já pensou como seria esse encontro? Bjo doce e afagos...

    ResponderExcluir

Pin It button on image hover