14/04/2012

Tanto a Dizer



Quando fico algum tempo sem postar, as coisas se acumulam no meu pensar, então esta postagem é três em uma, pois queria escrever sobre três coisinhas da vida!
Primeiro quero contar que a faxina anda rolando solta por aqui, começo pela manhã cedinho e acabo só no fim do dia. Imaginem só, até que toda aquela poeira, cimento, serragem, e tudo mais desapareça, ainda vai longe... Mas é muito engraçado este sentimento que toma conta da gente quando estamos limpando a casa, ou pelo menos toma conta de mim. Parece que ao organizar e limpar as coisas estamos também fazendo uma faxina interior, colocamos os excessos fora, doamos algumas coisas, reutilizamos outras, fazemos isso durante a vida também, nos despimos de vaidades e das inutilidades que acumulamos no viver.
Estamos trabalhado muito, eu, marido e a minha ajudante que vem duas vezes por semana, ela é um doce de pessoa, conta-me suas histórias e crendices típicas das pessoas do interior, ela é do campo, porém durante a semana mora aqui em Caxias, seus contos e receitinhas de como cuidar da casa me encantam. Suas simpatias e explicações que tem para quase tudo são valorosas para quem gosta de prosear, como eu, e assim vamos faxinando e proseando.
Bom, estamos quase acabando, acho, ou melhor, espero!

Outra coisa que quero contar diz respeito a minha querida mãe. Estivemos no seu cardiologista, ela estava tendo algumas palpitações bem fortes no coração, chamada arritmia. Ele solicitou alguns exames, depois com tudo em mãos voltamos de novo. A fala do médico me deixou MUITO feliz, ele disse que minha mãe tinha um coração invejável, de atleta, um SUPER CORAÇÃO. Falou também que ela soube lidar com as preocupações e tristezas da vida como ninguém, pois o seu coração está tão saudável que parece novinho em folha, achei tudo isso tão lindo, fiquei ali olhando para ele, meio embriagada pela alegria que sentia. Sim, ela tem esta arritmia, e deverá ser tratata, porém ele explicou que isso acontece por um problema na parte "elétrica" do coração, minha mãe parece ter um "fiozinho" a mais, que provoca este desconforto, em contra partida seu coração é tão forte que resistiu muito bem a estes descompassos.
Fiquei pensando no lado metafórico de tudo o que ouvia. Realmente o coração de minha mãe é muito forte, ela já passou por poucas e boas, sempre com força e honra, resiliente e resistente. Nunca fez do sofrimento uma bandeira, pelo contrário dava conta de tudo e ainda tinha espaço para ser feliz!
Ela fez 70 anos, dia 2 de abril, foi um dia feliz, seu sorriso denunciava sua alegria de celebrar a vida.
Espero que eu herde este coração extraordinário, não apenas no sentido físico da coisa, mas no sentido emocional, quero ser tão resiliente e forte quanto ela. Já disse aqui o quanto ela ama a Natureza os bichos, sua horta, sua gente. Acho que tudo isso faz dela quem ela é!     

E o último assunto de hoje é VOCÊS.
Engraçado como vocês fazem parte da minha vida, quando acontece algo que acho importante escrever aqui, penso no que cada uma de vocês irá achar, pensar ou comentar. Penso em contar-lhes as banalidades do dia a dia, as surpresas que a vida me dá ou me reserva, ou ainda o pensamento de outros escritores que admiro e fazem um bem danado serem lidos, e quando descubro ideias de decorar, criar, pintar, etc e etc, fico entusiasmada em dividí-las com aqui! 
Vocês estão tão longe e tão perto, delícia sentir isso, esta "apromixidade distante", acabei de inventar isso, nem sei se existe esta expressão, mas é bem assim que me sinto, próxima de todas, como se fossemos amigas de longa data e que compartilhamos nossas coisas e nossa vida através deste canal chamado blog. Mesmo não comentando sempre que passo pelos vossos cantinhos, fico lendo suas postagens, e através delas me conecto com vocês de forma única. Obrigada!

Mesmo estando dividido, tudo o que escrevi aqui fala também de SOMAR e MULTIPLICAR. Coisas da vida, de amor, de amizade, de luta, de conquistas que cada um de nós tem um pouquinho e quando COMPARTILHAMOS (a mais linda operação matemática, que acho deveria ser também ensinada na escola), isso tudo se torna nosso, conhecemos muito do outro através de suas histórias! E assim vamos costurando uma história na outra e formando nossa colcha do mundo.
Nossos caminhos não se cruzam apenas por um acaso, nossa trilha sempre acaba encontrando outra, feito um trem, que sem os trilhos alheios a ida, não teria como voltar!


Um enorme beijo!




21 comentários :

  1. Olá Rosane,
    Bem...acho que você já é uma pouco sua mãe, a maneira como fala da natureza,pessoas e coisas ao seu redor.
    Ter o caos da reforma, areia, poeira bagunça, e sair com a alma confortada diante de tudo isso, é um crescimento de alma que não adquirimos de um dia para o outro,e sua mãe com certeza passou isso a você, ser feliz e tirar o melhor partido das situações. às vezes isso não é tão consciente e racional, simplesmente faz parte do ser que já somos, e é muito bom ser assim.
    Que sua mãe conviva com voces por muuuuito tempo, já não tenho mais a minha, e a saudade fica.
    Quanto a essa" apromixidade distante", também curto muito. Tem vezes que um simples comentário, faz um sorriso brotar e o ânimo crescer. É muito gostoso participar desse mundo maravilhoso blogal.
    Nos gostamos sem nunca no termos visto. Lindo!
    bjão e um maravilhoso final de semana
    Mari

    ResponderExcluir
  2. Oi Rosane, sei bem o que é limpar a casa depois de uma reforma, não é nada agradável, mas quando vemos tudo limpo e em seus devidos lugares, ficamos bem felizes.
    Olha, sinto que você é assim, como sua mãe, que já passou por tantas coisas e ainda continua com esse sorriso radiante e confiança em dias felizes todos os dias.
    Como estão os au-aus fofos? Manda um beijinho para cada um por mim. A Milu também está mandando um super lambeijo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que bom te ler e ver aqui! Ainda curtindo o filhão( só até 2ª feira,pena!)

    Fico feliz que estás bem , quase terminando tudo e que tua mãe está MUITO BEM com seus coração... beijos às duas,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Rosane, gosto tanto de te ler...a forma como vc se coloca é sincera e delicada.

    Adoro essas faxinas, porque não é só a casa que leve, nós tb a medida em que nos desapegamos das coisas.

    Fiquei feliz pela sua mãe.

    Ótimo final de semana.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Oi Rô,
    Essa semana tb fiz um faxina por aqui e ate comentei lá no blog sobre isso.Sobre a sensação de satisfação, bem querer que esse pequeno ato traz.Fica um certo cansaço, mas é um cansaço gostoso.
    Fico feliz pelo forte coração da sua mãe e por vc compartilhar essa boa noticia com a gente, isso nós faz sentir mesmo mais perto de vc.É como vc falou, compartilhamos sentimentos, amizade ainda que a distancia...Seus textos sempre demonstram sua sensibilidade , mostrar o quanto vc é aberta a vida.Sabe aquelas pequenas coisas que muitas vezes as pessoas não sabem dá importancia, então passam desapercebidas?Vc as ver e dá real importancia, gosto de ver o mundo da forma que tu ver...Bjos

    ResponderExcluir
  6. Rosane querida como é gostoso vir até aqui prosear com você. Tenho esses mesmos sentimentos e daqui consigo sentir a sua energia.
    É tão bom estar atenta as pequenas coisas que muitas vezes nos são ditas e perceber as alegrias que a vida vai nos dando.
    A semente da sua mãe já brotou em você. Tenho certeza que você já tem esse coração resiliente, forte e feliz.
    Fazer essas faxinas na vida são importantes. É preciso abrir espaço para a nova etapa que se inicia, não é mesmo?
    Um beijo carinhoso e muita luz.

    Lucia

    ResponderExcluir
  7. amiga tambem me sinto assim as vezes ,kk parabéns a sua mamis ,e Deus ilumine sua vida ,,ha vc tbm ja faz parte do nosso mundo viretual

    ResponderExcluir
  8. Achei linda a foto que voce escolheu. Perfeita!
    Sabe Rosane, eu sinto o mesmo em relação aos amigos que fiz no blog.
    É uma coisa tão louca isso, não é mesmo?
    Tão longe e ao mesmo tempo tão perto.
    A emoção é uma constante, chego a sentir o calor, a alegria ou a tristeza de meus amigos.
    Sinto em voce uma mulher feliz.
    Alegre, cheia de esperança e fé.
    E isso é muito bom.
    Parabéns à sua mãe, e voce é parecida com ela nesse quesito de amar a natureza. Voce fala muito sobre natureza e animais.
    É a continuidade querida, nada mais que isso.
    Também adoro compartilhar com voce minhas alegrias e saudades.
    Beijo sincero amiga, tenha um lindo domingo.

    ResponderExcluir
  9. Oi amada!!Sabe, para mim, minhas amiga virtuais são muito reais!Chego a me pegar pensando em como estarão cada uma delas...quando uma está sem fazer um post há algum tempo, já fico preocupada...Assim, queria abraçar uma a uma, olhar nos olhos e dizer:que bom te conhecer!!Mas enquanto isso não acontece, vou deixando e lendo meus recadinhos, que adoro!Tão bom!!Rosane, que alegria saber que sua mãe tem este saudável coração!!Fico imensamente feliz!!Dê-lhe um abraço por mim!!Querida, mostre como ficou a reforma de sua casa!E tenha um lindo final de semana!Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Minha querida Rô,

    A gente,neste mundo dos blogs,fica conhecendo muitas pessoas e acaba se apegando e quando não consegue comentar ou postar,fica com uma frustração muito grande...é o que acontece comigo...e tem também aquela vontade de partilhar tudo que de bonito viu ou assistiu e se torna como que membro de uma grande família.
    Você é uma pessoa de uma sensibilidade muito grande e de um amor sem medidas pela natureza,seus animais e pelas pessoas,nisto se parecendo com sua màe que deve ser muito feliz por ter uma filha tão generosa e carinhosa.Que o coração desta mulher de fibra,continue assim como o de uma jovenzinha e que ela possa partilhar com vc muitos risos e muita alegria.
    Bjsssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Rosane,

    Que loucura compartilhar nossas vidas aqui no ambiente virtual né. É uma sensação que não dá pra explicar quando alguém do outro lado lê nossos comentários, sobre nossas vidas.
    Vejo em voce muita força para viver.
    Que bom compartilhar esses momento.
    beijao

    ResponderExcluir
  12. Primeiro quero dizer que amei a foto. Linda escolha! E mais ainda, descobri nas entrelinhas como somos todas iguais, com nosso cotidiano, nossa vida, alegrias e aflições. Desejo tudo de melhor para você!~beijos

    ResponderExcluir
  13. OI, ROSANE!!!
    QUE LINDO O QUE VC FALOU DE NÓS!!! EU AMEI SER IMPORTANTE PRA VC!!!! FICO FELIZ EM FAZER PARTE DA VIDA DE ALGUÉM COMO VC, QUE É TÃO CHEIA DE SENSIBILIDADE - COISA RARA HOJE EM DIA -... OUTRO DIA CONTEI AOS MEUS ALUNOS UMA HISTÓRIA DE AMOR ENTRE UM PEIXINHO E UMA MENINA; NO MEIO DA HISTÓRIA O PEIXINHO MORRE... FIQUEI MUITO TRISTE AO PERCEBER QUE A MAIORIA DAS CÇAS FAZIAM PIADAS DA DOR DA MENINA; OUVI DELES ALGUNS COMENTÁRIOS EXTREMAMENTE FRIOS... QUE DÓ QUE ME DEU!!! A MAIORIA DOS MEUS ALUNOS NÃO TÊM SENSIBILIDADE, NÃO SENTEM A DOR ALHEIA... E SÓ TÊ 8 ANOS... TRISTE, NÉ??? FIQUEI IMAGINANDO O FUTURO DESSAS CÇAS, E O FUTURO DO MUNDO COM ELAS...
    QUE BOM QUE SUA MÃE ESTÁ BEM, E QUE SEU CORAÇÃOZINHO ESTÁ FORTE!!! PESSOAS BOAS DEVERIAM FICAR POR MUITOS ANOS POR AQUI, NÉ???

    BEIJOSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  14. A maneira como você fala de sua mãe dá pra gente sentir que ela é um exemplo a ser seguido, e que pelo que a gente conhece de você, é algo que você faz muito bem. Parabéns para a sua mãe, ariana assim como eu, pelo aniversário.

    Manter a casa limpa e organizada no dia a dia já não é tarefa fácil, com obra então nem se fala. Eu já passei por issoe sei como é q é.

    Gostei do termo "aproximidade distante" - como nínguem você se expressou de uma maneira simples e tocante dessa troca de afinidades que existe no meio virtual.
    Algumas vezes eu penso em parar, pois sinto que não estou conseguindo fazer o melhor que gostaria pois o tempo disponível é pouco, mas depois penso q se parar perderei esse contato gostoso que tenho mantido com algumas pessoas. Então "recarrego a bateria" e continuo.

    Um grande abraço e uma semana abençoada pra você.

    ResponderExcluir
  15. olá, Rosane. Obrigada pela visita. também voltarei muitas outras vezes para seu cantinhos. A saron realmente é muito especial.

    ResponderExcluir
  16. Minha amiga linda
    Imagino quanto coisa para limpar! Também tenho sempre esse mesmo sentimento de limpeza na alma!
    Querida estou feliz por você em saber que a tua mãezinha tem um coração forte (em todos os sentidos)!
    Você também faz parte da minha vida! Essa "apromixidade distante" tem me ajudado muito, pois conheci pessoas incríveis como você que me completam!
    Um abraço bem apertado e tenha um linda semana.
    Léia

    ResponderExcluir
  17. Oi, Rosane! Lindas palavras! Realmente, quando limpamos a casa de fora, acabamos limpando um pouco da nossa casa de dentro, né? E acho que vc deve ter herdado esse coração da sua mãe! =)

    Beijinho e bom dia!
    Mari

    www.atelierinbox.com.br

    ResponderExcluir
  18. Rosane minha querida amiga!!!

    Nossa reforma é tudo de bom...mas ter que fazer faxina ninguém merece...mas depois vem a recompensa, casa linda e cheirosa com tudo no lugar! Mande um beijinho para os seu lindos e bem cuidados cachorros...a Nina esta cada dia que passa mais fofinha e linda...hehehe...

    Bjss amiga querida e uma maravilhosa terça!

    http://toutlamour.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Muito boas as suas metáforas e leio com atenção suas histórias cotidianas aqui compartilhada. Gosto das histórias e cruzar os trilhos.
    Seu link faz parte da minha relação dos blogs que gosto de visitar.
    Boasemana
    bjs

    ResponderExcluir
  20. parabéns pelo blog , cada dia melhor. Tbém estou como vc na faxina, me mudei para uma casa e até tudo ficar arrumado demoraaa, quanta poeira.boa semana.

    ResponderExcluir
  21. http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis
    http://commandercialisfer.lo.gs/ prix cialis
    http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis
    http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis comprar

    ResponderExcluir

Pin It button on image hover