17/07/2011

Ô De Casa

Sabe aquela expressão: Ô de casa!
É com ela que convido vocês para verem este post.
Entre todas as coisas que faço, a que mais amo é estar em contato com o verde, com a terra, com os bichos, com a natureza, com gente de verdade.
Sou mais mato do que concreto, mais chuva e sol do que telhado, mais terra do que piso, mais bicho do que gente, mais verde do que cinza, mais quintal do que grandes centros.
Estar de forma simples em meio a plantas, terra, bichos, flores, frutas
e gente é o que me mantém viva e feliz!
Sou dada a simplicidade! Nasci, cresci e convivi no meio de gente simples!
Lembro muito bem de minha mãe me ensinando como se plantava, se regava, se colhia. A época certa de podar as árvores...Como usar as ervas na comida.
Lembro dela rasgando uma folha de louro e colocando no meu nariz para que desde pequena eu soubesse que cheiro a erva tinha, sinto aquele aroma agora só de lembrar!


Ô de casa...
Entre e fique a vontade!



Recorri novamente àquele meu dicionário.
Em busca da definição de simplicidade!



Simplicidade: falta de complicação, 
disposição fácil e acessível ao espírito...



...natureza pura, caráter não alterado por elementos estranhos...



...expressões fáceis, não elevadas e nem obscuras demais, 
singeleza da composição ou distribuição das partes...



...naturalidade, ingenuidade, candura, pureza, modéstia,
falta de malícia, "simpleza", inocência sem disfarce.



Um presente simples para vocês...



Simples: singelo, sem complicações ou rodeios, puro, sem misturas, claro e evidente.
Natural sem grandes adivinhações, que tem boa fé, sem disfarce na presença de outros, mais de "simpleza"do que de refinamento, 
sem artifícios e ornatos. 
De espírito claro e sem rodeios, fácil de se entender. Sem grandes controvérsias, sem pompa ou afetação!


A natureza é SIMPLES, nos fala e mostra o que precisamos saber,
 sem ornatos, sem disfarces,  com uma pureza e singeleza tamanha, 
que entra na vida da gente de forma indelével.
Sem "dificultez", sem "estranhismo", sem rodeios!
Muitas pessoas são assim também, 
as mais belas que conheço. são também as mais simples!!!

Beijinho com cheirinho de ervas!

Rosane Castilhos

48 comentários :

  1. Oi Rosane,
    Que post lindo... Adorei essa coisa de ser mais mato que concreto, mais chuva e sol que telhado. Isso é lindo e muito poético.
    Simplicidade, frutas, natureza...
    Tudo lindo!!!
    Bjs
    P.S: O cachorro também é lindo.

    ResponderExcluir
  2. meu Deus, que coisa mais linda por aqui...

    essa é a simplicidade mais simples, pura e bela que já vi, retratada assim: simplesmente assim...

    beleza de lugar, fotos que falam por si só, basta abrir os olhos da alma que as imagens sorriem e tocam como as mais perfeitas e simples musicistas...

    quero uma fruta dessa pra mim... vou levar, tá!?rs

    e esse cachorro, vive no céu, ô que lindo!!!

    e você minha doce amiga, linda linda linda linda...

    beijos no coração...

    Su.

    ResponderExcluir
  3. Hoje eu vivo na selva de pedra, mas já tive muito contato com verde, mato, rego d'água, córrego, porcos, galinhas, vacas, cachorro livre. Foi na infância e começo da adolescência que tive esse privilégio, um pouco morando numa casa com dois imensos terrenos cheios de árvores frutíferas e mais um tanto na roça com a vovó nas férias.
    Lembro do queijo derretido na palha de milho, em cima da chapa do fogão a lenha, do biscoito frito feito de polvilho caipira, foram muitas histórias.
    As suas fotos, esse seu mundo mágico me fez viajar no tempo em pensamentos, quantas mexericas chupei embaixo do pé? Tempo bom.
    A magia daí chegou aqui e sinto uma alegria imensa.
    Tenha uma ótima semana.
    Um beijo e um amasso na Monalisa(eu não resisto a essa carinha de au-au feliz).
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. E como conheço essa expressão... fui criada no interior de Minas em uma cidade de 2.000 habitantes!
    Ouvi muito esse ô de casa!!!
    Lindo post... lindas imagens!
    Me diga uma coisa essa fofurinha junto com você é um labrador?
    Beijos! Ótimo dia!

    ResponderExcluir
  5. EU ACEITO ESTA FRUTA SIM!!!!
    E QUERO QUE SAIBA QUE VOU DEGUSTÁ-LA COM A MAIOR SIMPLICIDADE...
    DEPOIS DESTA DEFINIÇÃO DESTA PALAVRA, SÓ QUERO O QUE FOR SIMPLES!
    E SUA AMIZADE É ASSIM, OBRIGADA.
    BEIJOCA

    ResponderExcluir
  6. Linda Monalisa... carinha boa!
    Eu a fiquei admirando aqui em casa! Fofa!
    Obrigada pelo carinho querida!

    ResponderExcluir
  7. Ô de casa!Tô voltando...e acho que vou ficar,chupando estas "mexiricas",provando estes kiwis e brincando com este cachorro lindo.Ah,também
    trocando um dedo de prosa com esta amiga,com quem me identifico tanto,na simplicidade e na singeleza.
    Lindo o seu texto,amiga,hoje também tive vontade de pousar em sua casa e na da Ivani e conversar até o galo cantar...
    Bjsssssss,Leninha

    ResponderExcluir
  8. Você saberia explicar para mim o que significa essa coincidência? Eu não sei...
    Escrevíamos mais ou menos no mesmo horário sobre o mesmo assunto.
    Será que somos bruxas?
    Com uma grande diferença: você é uma bruxa linda, que tem uma cachorra linda e pomar cheio de frutas.
    Eu aceito uma "mexirica" sim.
    Por aqui elas são chamadas assim. E deixam um perfume incrível nas mãos, no hálito.
    São deliciosas, meio azedinhas.
    Adorei seu texto, e adorei também as fotos lindas e tão simples.
    Beijinhos com cheirinho de açúcar (com favo de baunilha dentro do pote).
    agora pego minha vassoura e saio voando para a casa do mano. Inté...

    ResponderExcluir
  9. esqueci de comentar uma coisa:
    sua árvore de "mixirica" é tão baixinha assim? as frutas ficam assim tão perto do chão? incrível!
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Rosane! Que colheita é esta menina?Adoro bergamota, e lembro da minha infância.Na casa de uma tia, tinha um pé enorme, e nós colhíamos.
    Não aprendi a plantar, mas conheço o cheiro das ervas e temperos de longe.Adorei as fotos.Bjs

    ResponderExcluir
  11. Rosane querida!

    Que lugar mais lindo, que frutas mais deliciosas e que cachorro feliz, tudo em perfeita harmonia!
    Simplicidade é estar ao lado de quem amamos e nos sentimos bem...adorei esse seu post super especial como vc amiga!

    Obrigada Rosane por sua amizade simples e bela!

    Bjssss

    http://toutlamour.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. GENTE, ESTE GALHO QUE APARECE NA FOTO DAS BERGAMOTAS(MIXIRICAS)NO CHÃO, TIVEMOS QUE CORTÁ-LO DE TÃO ALTO QUE ESTAVA.
    BEIJINHO

    ResponderExcluir
  13. Rô querida
    Que delicia de post. Eu fico à vontade aqui tbe. Adorei as fotos, adorei o post, adoro vcs e os comentários (seus e da querida Ivani em ambos os blogs!).
    Que cachorra mais linda!!
    Querida, tem selinho para vc la no blog, tomara que vc goste.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  14. Oi amiga!

    A cada post que leio, mais te conheço. E quanto mais te conheço, mais eu gosto de vc! Comparando as impressões que já tinha sobre vc, com as que colhi (para homenagear suas mixiricas) nesse post, tudo faz perfeito sentido!

    Sim, imaginava mesmo que vc fosse ligada ao verde, à terra, e, acima de tudo, à simplicidade!

    Sou um assim tb. Na verdade menos do que gostaria, por absoluta falta de opção. Explico: não tive o privilégio de uma infância próxima do verde e da terra e moro numa cidade por estrita necessidade. Meu sonho é ter uma chácara, uma casa rodeada por verde, por silêncio e por paz. Meu marido me chama de bicho do mato e acho que sou isso mesmo.

    Entendo vc, amiga. Perto de tudo isso tb me sinto muito mais viva!

    Linda semana para vc!

    Bjsss

    Lu

    ResponderExcluir
  15. Lindo Rosane.
    Estava assim também curtindo essa parte tão pura e tão boa da vida.
    Quintal, frutas flores, criança correndo.
    Boa semana.
    Bjs
    Patricia
    patipins.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. oi queridona!!! ameiiiiii as fotos! as bergamotas estão lindas de viver!!! adoro natureza tb, o que eu mais queria era ter um cantinho aqui em casa pra plantar ervas e plantinhas... mas por aqui só tem concreto! tsc... tsc... tsc...
    bom finzinho de domingo pra vc!
    beijoooo!
    leiloca

    ResponderExcluir
  17. Lindas fotos!!!
    Amo verde, natureza e conviver com os animais!!
    Adorei o post :)

    ResponderExcluir
  18. Rô,que fotos lindas!!Realmente,as coisas simples da vida são as melhores...um sorriso,um abraço,uma lambida de um filhinho de 4 patas,uma fruta colhida no pé,um bom dia sincero,um pijama largo,uma havaiana com meia...a simplicidade está ao nosso redor todos os dias e corremos atrás de coisas tão passageiras!!Você é uma pessoa fantástica,agradeço à Deus por tê-la como amiga!!Beijos e uma ótima semana!!

    ResponderExcluir
  19. Ei Rosane, como vai?
    Maravilha de post, tão gostoso de ler e apreciar cada foto.
    Bem, meu deu uma vontade de chupar uma mexerica destas do seu quintal.
    Que beleza, adorei.
    Bjos e ótima semana.

    ResponderExcluir
  20. Que fotos lindas....
    Passei para desejar um semana iluminada...
    Beijokas

    ResponderExcluir
  21. Nossa Rosana! estou encantada e entregue à essa simplicidade que descreve. Tenho um pouquinho de vc na minha personalidade. lindo post! bjs Zí

    ResponderExcluir
  22. que delicia passar um dia assim, sem nada de preocupação..adorei seu post..bjos e boa semana para vc.

    ResponderExcluir
  23. Passar por aqui num final de domingo, foi uma bênção!!!!
    Palavras lindas, fotos MARAVILHOSAS, e esta bergamota, afff cheguei a sentir até o perfume!!!!
    obrigada !
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Rosane,
    Que delícia de post, de lugar, de frutas, de cachorro (amei ele!)! Realmente, nada melhor que a simplicidade de um belo jardim! =)

    Bjs e boa semana!

    Mari

    atelierinbox.com.br

    ResponderExcluir
  25. Eu cheguei a pouco no seu blog e adorei a coincidência de "simplicidades"lá na Ivani e por aqui também. Fiquei imaginando o cheiro da folha de louro rasgda...
    Lindo post. Parabéns!

    ResponderExcluir
  26. Oi Rosane!
    Adorei o post e me identifiquei muito. Também sou assim e penso da mesma maneira.
    Sou muito mato, bicho, verde...
    Grande abraço e ótima semana pra ti.

    ResponderExcluir
  27. Olá Rosane, que post mais lindo e emocionante!
    E o cachorrao? Fofo demais!
    Parabéns!!
    Beijos e uma semana maravilhosa para vc.

    ResponderExcluir
  28. Olá Rosane!

    Sou eu mais uma vez...

    Eu acho que Deus quis que eu encontrasse o seu blog, pois com ele , eu já sorri, mas também derramei lágrimas.
    Até há um mês atrás eu trabalhava com numa instituiçãos de pessoas portadoras de deficiencia mental (Deus sabe como eu os amava), e devido à crise, houve uma reestruturação e como era das mais recentes tive que vir embora.
    HOJE QUANDO ABRI O SEU CANTINHO, DEU-ME TANTAS SAUDADES...
    Sabe? eu perdi muito mais que um emprego, perdi uma parte da minha vida.
    Desculpe o meu desabafo, mas sinto-me tão só...
    Graças a Deus que tenho um marido maravilhoso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Ai Ro, é simples e emocionante, acho que a Ivani tem razão, gente simples se emociona...

    Vou te dizer, estas fotos deram até água na boca, lindo e delicioso...bjo simples e abraço apertado!

    ResponderExcluir
  30. Esse quintal me fez lembrar de parte da minha infância e parte da adolescência...morava em Campo Grande, MS...nossos quintais eram cheios de pés de frutas...lembro-me que subia no pé de manga e comia lá mesmo... em cima da árvore...saudades...nostalgia...tempos maravilhosos...que jamais me esquecerei...sabe que não consigo voltar para Campo Grande? parte dos meus familiares (grande parte) estão todos lá...o problema não é ir para lá...o problema é na hora de voltar...venho chorando até metade do caminho...em soluços...agora, não tenho mais coragem de ir para lá...é difícil demais voltar...

    Amei essas cestas de mexericas...eu quero!!! recheadas!!!

    Menina...! ontem, lendo seus comentários, vi que tinha outra postagem sobre "Simplicidade" e fui lá conferir...encontrei a Ivani...que ser humano incrível...outra maravilha na minha vida...
    Ai, Deus está sendo muito generoso comigo...
    Mana querida, um dia lindo pra voce, cheinho de coisa muito boas!!!
    Beijos com acrinho...
    Ps. Voce é muito linda (vi nas fotos)...

    ResponderExcluir
  31. Consertando: "coisas muito boas" e "beijos com carinho" (rs)

    ResponderExcluir
  32. Adorei sua mensagem, sua simplicidade. muitas vezes complicamos as coisas e não vemos o mais singelo, o que tem mais valor. Bjs.
    sissy-atelier.blogspot.com

    ResponderExcluir
  33. Bom dia Rosane.
    É dessa simplicidade que vivo tentando mostrar lá no blog.
    Belo post.
    Lindas palavras, faz a gente se interiorizar e buscar outros sentidos pra vida que vivemos.
    Muito dez.
    bjão
    Mari

    ResponderExcluir
  34. Que delícia Rosane!
    Também amo a natureza, os bichos... sou muito mais minha casa na chácara!
    BEijinhos!!!

    http://diaadiaartistaamadora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Que post maravilhoso. Adorei as fotos, o cachorro companheiro, com cara de satisfeito. Pudera, né?! Nesta paz toda!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  36. Que lindo querida!!!
    Eu amo natureza, quando vou para a fazenda como sempre frutas direto do pé e fico correndo para tirar fotos das lindas borboletas..beijocas minha e do João

    ResponderExcluir
  37. Oi Ro!

    De fato, a beleza está na simplicidade das coisas. Até porque a felicidade está nessas horinhas que descobrimos essas belezas. Enfim, devaneios a parte a sua postagem, quero te desejar uma linda e abençoada semana, com cheirinho de bergamota colhida do pé e comida a luz do sol (ai que delícia).
    Como brinco...jiboiando no sol...hahahaha.
    Um abração
    Daca

    ResponderExcluir
  38. Obrigada Rosane querida por tanto carinho...
    Te desejo uma semana iluminada com muito amor!

    Bjss amiga!

    http://toutlamour.blogspot.com

    ResponderExcluir
  39. Ro, adorei as fotos, os versos e a sua simplicidade refinada e requintada!! Sim, vc é tudo isso viu!! Beijocasss

    ResponderExcluir
  40. Que delícia essas fotos, fiquei apaixonada pelo seu cachorro *---*


    Bisous =**

    ResponderExcluir
  41. Oi Rô
    Esta ai um sonho daqueles que tem o espirito simples, mas que moram em meio ao concreto.
    Esses lugares traz a sensação de liberdade.
    Seu recanto é lindo!!!E plantar é um dom!!!Parabéns por manter esse cantinho tão lindo e frutifero.Fiquei imaginando , vc deve acordar com os sons dos passaros cantando, pois eles adoram lugares assim.Ai deve ser uma delicia!!!.
    Bjos

    ResponderExcluir
  42. Adorei, sempre adoro!!
    Adoro tangerinas e Aila tbém!! Estamos aqui babando diante destas imagens!!!rs
    Querida, cesto pronto!!!
    Preciso confirmar seu endereço!!
    Beijos!!!
    Bela

    ResponderExcluir
  43. Olá Rosane,

    Linda Postagem! Adoro a terra também! Sinto muito a falta, infelizmente a vida na cidade não nos permite esse contato. Por isso "preciso" vir aqui! Reabastecer as minhas baterias!
    Ótima Semana!
    Beijinhos,
    Mônica

    ResponderExcluir
  44. Oi Rosane, lindo post, singelo, mas intenso, chegando direto aos nossos corações. Adorei.
    Mil bjs
    Ione

    ResponderExcluir
  45. Ro!
    Me fez lembrar de poema:
    "Oh que saudades que tenho,
    da aurora da minha vida
    de minha infância querida
    que os anos não trazem mais.
    Que amor, que sonhos, que flores,
    naquelas tarde fagueiras de traz das
    asas ligeiras, embaixo dos bananais..."
    Senti saudade de minha infância..
    Bj
    Débora

    ResponderExcluir
  46. "Ô de casa!", lembra a minha infância no interior de Goias!
    Viver na simplicidade em meio a fauna e a flora é terapêutico!
    Que delicia a tua casa.
    Bjim
    Léia

    ResponderExcluir
  47. Este post me despertou tantas lembranças, do tempo em que as pessoas tinham árvores em seus quintais... me lembrei de minha avó, que tinha um abacateiro imenso em seu quintal, e quando se enchia de frutos, distribuia aos vizinhos. De minha mãe, fazendo doce de laranja, de batata doce, de nossas festas juninas, coisa boa, não.Sem firulas, sem stress,hoje é muito dificil manter tudo isso, o que é uma grande pena. Nem precisava das feiras, pois as pessoas cultivavam em suas casas, e as trocas eram constantes, tempo bom...saudades.

    Beijo
    Cidinha

    ResponderExcluir
  48. Oi minha querida!
    Que gostoso estar voltando ( mesmo que aos pouquinhos)e não com a corda toda ( isso só a semana que vem se Deus quiser!), e encontrar esse post lindo, cheio de amor e simplicidade.
    Você é uma adorável mulher e me enche a alma de boas coisas e muitas esperanças. Quem dera todas as pessoas fossem assim!
    Um grande beijo e uma maravilhosa semana cheia de coisas simples, amores, amizades sinceras e verdadeiras e muito verde!

    ResponderExcluir

Pin It button on image hover